Humor Nota 10!

Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

A segunda Guerra Mundial [História]

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

19xStudio A segunda Guerra Mundial [História] em Ter Set 18, 2012 6:23 pm

TheLord

avatar
Administrador
Administrador
A Segunda Guerra Mundial

A IDEOLOGIA DO ESPAÇO VITAL
O descontentamento do povo alemão após a derrota na Primeira Guerra Mundial tomou forma e vulto com a ação dos nazistas, que empreenderam um movimento para anular as imposições feitas em Versalhes.

Hitler difundia a idéia de que a Alemanha havia sido derrotada na Primeira Guerra Mundial devido a traições internas e acusava os judeus. A conquista do poder político foi o primeiro passo para a realização de seus objetivos. O próximo passo, no plano externo, seria a tomada de novos territórios. Difundindo a idéia de "espaço vital", Hitler uniu a parte significativa dos alemães ao seu redor.

De acordo com a doutrina do espaço vital, as forças nazistas afirmavam que era preciso integrar as comunidades alemãs dispersas na Europa (Áustria, Sudetos - região da então Tchecoslováquia - e Dantzig - enclave alemão em território polonês) e conquistar a Polônia e a Ucrânia, consideradas regiões "vitais" para o povo alemão. A Ucrânia, por exemplo, vasta e fértil região pertencente à União Soviética, produzia trigo, minérios e outras matérias-primas.

O INÍCIO DA GUERRA
O plano de expansão do governo alemão envolvia uma série de etapas. Em 1938, com o apoio da maioria da população austríaca, o governo nazista anexou a Áustria. Em seguida, reivindicou a integração das minorias germânicas que habitavam os Sudetos (região montanhosa da Tchecoslováquia). Como esta não estava disposta a ceder, a guerra parecia iminente. Foi então convocada uma conferência internacional em Munique.

A GUERRA NA EUROPA
O
governo inglês, aliado ao da Polônia, declarou guerra à Alemanha. A França, aliada da Inglaterra, fez o mesmo.

As tropas alemãs registraram muitas vitórias no começo da guerra. Seus generais tinham desenvolvido a técnica de Blitzkrieg (guerra-relâmpago), que consistia em ataques fulminantes. O exército alemão possuía tropas bem treinadas e armamentos modernos. Com esses meios, os nazistas ocuparam rapidamente a Bélgica, a Holanda, a Noruega, a Dinamarca e parte da França. Em 1940, a Itália entrou na guerra, consolidando o já existente Eixo Roma-Berlim. Algum tempo depois o Japão aliar-se-ia a esse bloco.

Na primavera de 1940, em apenas seis semanas, os alemães havia dominado quase toda a França, tendo o governo francês abandonado Paris e se instalado em Vichy, no sul da França.

Com o rápido avanço das tropas alemãs por terra, os exércitos ingleses e franceses ficaram concentrados na praia de Dunquerque, no norte da França. Mas conseguiram se retirar para a Inglaterra em navios, barcos pesqueiros e até embarcações particulares que a marinha inglesa, com a ajuda dos Aliados, mobilizou para esse fim. O episódio ficou conhecido como Retirada de Dunquerque.

No final de 1940, a Alemanha dominava quase toda a Europa. Dentre seus adversários, a Inglaterra era o país que se encontrava em melhores condições de continuar a resistência.

Em agosto daquele mesmo ano, o governo alemão começou os ataques aéreos em massa contra a Inglaterra.
A aviação inglesa, com o auxílio de radares, conseguiu resistir, causando enormes perdas à aviação alemã e levando Hitler a abandonar a idéia de invadir o território inglês.

Derrotado na Inglaterra, Hitler voltou-se para seu grande projeto: conquistar a União Soviética. Ele acreditava que com essa conquista a Alemanha se transformaria num império invencível.

Antes, porém, de atacar a União Soviética, Hitler colaborou com Mussolini na invasão da Grécia. Os alemães derrotaram os gregos e os iugoslavos.

Para a guerra contra a União Soviética, o governo nazista preparou um força com cerca de 4 milhões de homens, 3.300 tanques e 5.000 aviões.
Na conferência de Munique, em setembro de 1938, ingleses e franceses, seguindo a política de apaziguamento, cederam à vontade de Hitler, concordando com a anexação dos Sudetos.

A conferência de Munique prejudicou a Tchecoslováquia, criando mais tensões.

Apesar da promessa de não fazer novas exigências caso recebesse a região dos Sudetos, Hitler ocupou o restante da Tchecoslováquia em 1939 e, em seguida, voltou-se contra a Polônia. Passou a exigir então, a anexação à Alemanha do território de Dantzig e da faixa territorial que dava à Polônia saída para o mar, tal como fora fixado no Tratado de Versalhes.

Em 20 de agosto de 1939, o governo alemão e o governo soviético assinaram um pacto de não-agressão recíproca. Esse pacto previa a anexação de territórios poloneses pela Alemanha e pela União Soviética e garantiu a Hitler a possibilidade de invadir a Polônia sem ameaça de intervenção soviética.

Em 1º de setembro de 1939, a Alemanha invadiu a Polônia e a dominou após três semanas.

A GUERRA NO MUNDO
Em 1941, a guerra européia se transformou em guerra mundial: a invasão da União Soviética pela Alemanha e o ataque japonês, em dezembro, à base norte-americana de Pearl Harbor, no Havaí, envolveram outros países no conflito.

A agressão japonesa a Pearl Harbor levou os Estados Unidos a entrarem efetivamente na guerra. Até então, o país colaborava indiretamente com os Aliados.

Após esse ataque, o Japão realizou diversas conquistas: na China e na Indochina, nas Filipinas e na Indonésia, passando a ameaçar, inclusive, a Austrália. As conquistas japonesas indicavam o desejo de tornar o Pacífico um oceano japonês.

A Alemanha, aliada do Japão, declarou guerra aos Estados Unidos. Naquele momento, porém, o objetivo mais importante para Hitler era a conquista do leste da Europa, região importante para a expansão alemã. A guerra contra a União Soviética era representada como uma luta contra o comunismo. Hitler declarou que as cidades de Moscou e Leningrado, juntamente com sua população, deveriam ser destruídas; dessa forma, segundo o ditador, não haveria necessidade de alimentá-las.

As instruções às tropas Alemãs que chevavam ao território soviético eram as seguintes: "Utilizar meios ilimitados, quaisquer que sejam eles, inclusive contra mulheres e crianças. Nenhum alemão que participe das operações deve ter responsabilidade pelos atos de violência nem ser submetido a nenhuma medida disciplinar."

A INVASÃO DA UNIÃO SOVIÉTICA
No dia 22 de junho de 1941, 150 divisões do exército nazista iniciaram a invasão da União Soviética. Estava rompido o pacto de não-agressão entre os dois países, assinado em 1939 por Hitler e Stalin.

As tropas nazistas invadiram a União Soviética organizadas em três frentes: um exército marchou em direção ao norte, para cercar Leningrado; outro, em direção ao centro, com o objetivo de conquistar Moscou; e um terceiro rumou em direção ao sul, com objetivo de apoderar-se dos campos de trigo da Ucrânia.

Atacado de surpresa, o exército soviétivo não conseguiu impedir o avanço das tropas nazistas, que, em menos de um mês, já havia percorrido 750 quilômetros em direção ao interior do país e se aproximavam cada vez mais da capital, Moscou.

O governante soviético Josef Stalin fez um pronunciamento convocando os soviéticos à luta:

"O inimigo é cruel e implacável. Pretende tomar nossas terras regadas com o suor dos nossos rostos; tomar nosso cereal, nosso petróleo, obtidos com o trabalho de nossas mãos. Pretende restaurar o domínio dos latifundiários, restaurar o czarismo (...), germanizar os povos da União Soviética e torná-los escravos de príncipes e barões alemães (...). Por isso, o povo deve abandonar toda a benevolência (...), não pode haver clemência para o inimigo (...). E (principalmente) em caso de retirada forçada (...), todo o material rodante tem que ser evacuado. Ao inimigo não se deve deixar um único motor, um único quilo de cereal ou galão de combustível (...). Todos os artigos de valor, inclusive metais, cereais, combustível, que não puderem ser retirados, devem ser destruídos. Nas áreas ocupadas pelo inimigo devem organizar-se guerrilhas, montadas e a pé; devem formar-se grupos de sabotagem para combater o inimigo".

De julho a setembro de 1941, os nazistas avançaram ainda mais. Ao atingirem Moscou, as tropas alemãs haviam tomado considerável parcela do território soviético. Ao sul, toda a Ucrânia e sua capital, Kiev, haviam sido ocupadas. Ao norte, Leningrado estava cercada.

Mas o que Hitler mais queria era a tomada de Moscou. Por isso, ordeno que as forças militares fossem concentradas para um assalto definitivo. Um milhão de homens, 1.700 tanques e cerca de 1.000 aviões compunham os efetivos alemães.

No entanto, a resistência do exército soviético, com tanques e aviões, mostrava-se muito eficiente na defesa. O exército soviético também soube tirar partido do rigoroso inverno russo. Sem uniformes apropriados, dezenas de milhares de alemães morreram de frio e os equipamentos militares perdiam eficiência. Percebendo a fragilidade do inimigo diante do frio, as tropas soviéticas recuavam para regiões mais frias.

Como Moscou resistia, Hitler decidiu tentar a conquista do sul da União Soviética, onde se situava a cidade de Stalingrado (hoje Volvogrado), centro de importante indústria e com vias de acesso fácil aos pólos produtores de petróleo.

Quando Stalin soube do plano de Hitler, emitiu a seguinte ordem: "Exijo que tomem as medidas para defender Stalingrado (...), Stalingrado não deve render-se ao inimigo, e a parte dela que for capturada deve ser libertada".

Stalin determinou que três exércitos com 450 tanques e mais de 2.000 canhões se dirigissem àquela cidade. Com isso, os alemães, que estavam sitiando Stalingrado, acabaram cercados pelos soviéticos. Os reforços que os nazistas solicitavam pelo rádio não conseguiam romper a barreira de aço e fogo montada pelos soviéticos. Diante da derrota iminente, os nazistas se renderam.

A batalha de Stalingrado, uma das maiores da história, foi o início da derrota alemã.

Leia mais em [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

http://humor-nota10.olympicweb.net

29xStudio Re: A segunda Guerra Mundial [História] em Qua Set 19, 2012 5:39 pm

Conrado

avatar
Administrador
Administrador
Uma verdadeira aula. ^^ muito bom Black

39xStudio Re: A segunda Guerra Mundial [História] em Qua Set 19, 2012 6:44 pm

Sayori

avatar
Gerente
Gerente
Conrado escreveu:Uma verdadeira aula. ^^ muito bom Black
Sim, já viro Professor

49xStudio Re: A segunda Guerra Mundial [História] em Qua Out 03, 2012 9:42 pm

Daniel

avatar
Membro Expert I
Membro Expert I
Obg por postar , os que não sabem irão intender profesor Symbão

Conteúdo patrocinado


Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum